quarta-feira, 8 de novembro de 2017

Educação pública

     A qualidade da educação pública no Brasil rende muitos debates e divergências de opiniões, mesmo nosso país tendo avançado no desenvolvimento da educação nas últimas décadas nós ainda convivemos com baixos índices de desenvolvimento quando comparado com outros países do mesmo patamar que o nosso, mas afinal o que falta para que esta tão sonhada qualidade da educação pública se torne realidade?
     Se fizermos uma reflexão crítica a respeito do tema é possível tirar algumas conclusões. Primeiro eu acredito que o primeiro passo para se alcançar a qualidade da educação é a valorização do profissional que está em sala de aula e quando falo de valorização não estou mim referindo apenas a questão financeira e sim num contexto mais amplo, sabemos que o professor brasileiro é muito mal pago e isso acaba que de certa forma refletindo na qualidade do trabalho desenvolvido, pois para desenvolver um bom trabalho é necessário que o profissional se qualifique e com o salário que recebe nossos professores muitas vezes fica inviável buscar essa qualificação, pois o salário mal dar pra suprir suas necessidades básicas. Outra questão que deve ser discutida mais a fundo é a regularização da profissão de professor, vemos que em outras profissões não é possível exercer a profissão antes de estar formado e qualificado para tal, mas é comum ver acadêmicos da área da educação exercendo a docência sem nem mesmo ter concluído a metade do curso, acredito que esta situação dar certo descrédito a profissão e acaba contribuindo para os baixos índices de desenvolvimento educacionais.

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Devaneios opositores

De vez em quando a falida e pobre  oposição de Uruoca, (quando falo pobre e falida não estou mim referindo a questão financeira  e sim a questão de ideias) tenta ser de fato oposição mas  faz isso da maneira mais burra possível compartilhando em redes sociais postagens de adolescentes que ainda cheiram a leite e que pegam um fato isolado da quebra de transporte e fazem a maior confusão. Sejamos coerentes, todo transporte quebra agora o que não dar é usar isso pra dizer que o governo municipal está sendo irresponsável com o transporte escolar de seus alunos não adianta tentar fazer o povo de bobo, toda pessoa que tem um minimo de censo crítico e está acompanhando a realidade em que se encontra nosso país sabe que Uruoca se sobressaí sobre demais municípios do Estado do Ceará, enquanto tem municípios que estão demitindo contratados e reduzindo salários Uruoca até agora está com suas obrigações financeiras em dias junto aos seus funcionários tendo inclusive pago 40% do décimo terceiro salário para todos os seus servidores incluindo até os contratados algo inédito na região, então meus caros contra fatos não há argumentos enquanto vocês não tiverem capital intelectual e ideias para debater com a população de Uruoca seria coerente que ficassem calados pra não mostrar para população a fragilidade e a ausência de projeto de governo pra Uruoca.

quinta-feira, 12 de outubro de 2017

15 de Outubro dia dos Professores.

     Parabéns a todos os professores do Brasil que são guerreiros em suas lutas diárias que mesmo com inúmeras dificuldades doam o melhor de si em prol de uma educação de qualidade, gostaria de parabenizar em especial os professores das Escola Esmerino Arruda Filho(Martinópole) e Domingos Alves Pereira(Paracuá) que são grandes profissionais em busca do desenvolvimento educacional de seus alunos a eles meu "respeito e admiração" que sigamos juntos construindo essa história de sucesso.

terça-feira, 10 de outubro de 2017

Você é o que você pensa.

  Não é difícil de encontrar nas nossas vivências pessoas amarguradas que vivem reclamando da vida e puxando o tapete das outras, que têm uma vida de amargura, esse tipo de pessoa não consegue ver a beleza da vida e vivem pedindo o mal para os outros, muitas das vezes podemos fazer a seguinte reflexão: o que leva as pessoas a terem esse tipo de pensamento? Muitos do que pensamos e desejamos acaba acontecendo de forma direta ou indireta em nossas vidas, ou seja se alimentamos pensamentos positivos, se desejamos o bem pra nós e pros outros isso acaba por se repetir de forma positiva em nossas vidas, mas se fazemos o contrário devemos está dispostos a assumir as consequências sem reclamar da vida.

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Quebra de paradigmas?

 Vejo com muita tristeza que pessoas que se dizem esclarecidas defendendo alguns políticos marqueteiros que se aproveitam das conveniências para enganar e ludibriar o povo vejam só, falam de quebra de paradigmas, mas o que é um paradigma? Segundo o que pesquisei paradigma é um modelo que sempre é seguido ou seja é o convencional, então quebrar um paradigma é fugir do convencional, é fazer diferente. O que um certo político da região anda propagando é totalmente o contrário de quebra de paradigma, porque primeiro: pertence a uma oligarquia política que está a quase 50 anos no poder, segundo porque ele utiliza o que há de mais convencional na política então podemos afirmar que ele nada mais é do que uma farsa e os que defendem ele e propaga suas ideias infelizmente ou estão sendo enganados ou são analfabetos políticos.

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

O que vale a pena

        Na atual conjuntura social em que vivemos nos deparamos com situações que inevitavelmente nos faz refletir o tipo de ser humano que estamos sendo e o que realmente faz a diferença em nossas vidas, será que estamos vivendo plenamente todos nossos sonhos, respeitando as pessoas, dando o devido respeito e atenção aos que estão sempre ao nosso lado ou estamos na contramão disso tudo trilhando caminhos que não nos levará a lugar algum. Num mundo cada vez mais competitivo e carente de bondade se sobressaem  aqueles que tem em sua essência caráter e respeito as pessoas por que tudo nesse mundo é passageiro e que o realmente importa é o que representamos pra nós mesmos e para as pessoas que amamos. 

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Ser PROFESSOR!

             Todo dia é dia de refletir sobre a profissão só nós que estamos no dia-a-dia em sala de aula sabemos o tamanho da responsabilidade que nos é dada diariamente. Ser professor na atual conjuntura social e política é mais do que desafiador é um ato de coragem por isso é sempre bom refletir a cerca das seguintes questões: Onde estamos atualmente? Onde pretendemos chegar? E como?
Não é segredo pra ninguém que os governantes do nosso país não dão a devida valorização aos professores somos profissionais a serviço de um sistema educacional falido que não funciona mais é preciso inovar é preciso trilhar novos caminhos mas quando levantamos estas questões o que ouvimos é que a diferença deve ser feita por nós em sala de aula, muitas das vezes temos até vontade e disposição para fazer a diferença mas questões muitos maiores que nossa força de vontade nos impede.
                A diferença deve começar pela valorização da profissão, que o professor  tenha um pouco de dignidade, pois não é possível fazer a diferença em um ambiente de trabalho que não oferece as minimas condições, não é possível fazer a diferença quando o professor tem que trabalhar 300 horas para aumentar sua renda familiar e dar um pouco de conforto pra sua família, não é possível fazer a diferença seguindo um modelo educacional onde o professor é apenas orientado a fazer algo não tendo sua autonomia didática, se formos listarmos o que impede o professor de realmente fazer a diferença em sala de aula com certeza a lista será extensa, mas o mais importante devemos sempre fazer que é refletir sobre nosso papel na sociedade somos formadores de opinião e atores de muitas histórias que podem serem construídas ao longos dos tempos.